Notícias

Foto: Pixabay

Atendimento médico em ambulatórios e hospitais brasileiros para procedimentos de problemas diversos voltou a subir em 2021, após queda nos casos graves de covid-19 e avanço da vacinação.

28/04/2022 às 16:46 | Autor: Redaçao

Em 2020, com a explosão da pandemia, houve queda significativa nas consultas e acompanhamento de doenças crônicas e procedimentos para tratamento de câncer, além de cirurgias eletivas (não emergenciais). Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Tecnologia para Saúde (Abimed), a vacinação trouxe mais segurança aos pacientes, que voltaram aos serviços de saúde.

Dados do ano passado, até novembro, apontam crescimento de 18% nos procedimentos ambulatoriais e 24% nos hospitalaes, na comparação com 2020. O levantamento avaliou dados do Datasus.

Para se ter idéia, em 2020, na mesma base de dados, os atendimentos na rede do Sistema Único de Saúde caíram pela metade; consultas com especialistas diminuíram 25%; diagnósticos reduziram 16%; e internações não relacionadas à covid-19 recuaram 16%.

Também houve queda acentuada nos procedimentos de alta complexidade. Somente as cirurgias cardiovasculares tiveram redução de 25% em relação ao volume habitual. A comparação é com o ano de 2019, antes da pandemia.

Compartilhe com seus amigos